Lorem ipsum proin gravida nibh vel velit auctor aliquetenean idelit sollicitudin, lorem quis bibendum auci elit consequat ipsutis sem.
1-677-124-44227

info@yourbusiness.com

184 Main Collins Street | West victoria 8007

Follow us On Instagram

Lorem ipsum proin gravida nibh vel velit auctor alique tenean sollicitudin, lorem quis.
Topo

Blog

Por que não vender produtos sem nota fiscal?

A emissão de notas fiscais é um dos processos mais importantes para a empresa. A nota fiscal serve antes de tudo, como um comprovante que uma transação comercial de fato ocorreu (compra e venda), sendo essencial para o consumidor – como quando uma troca ou devolução se faz necessária. Também para a empresa, que tem na nota fiscal um ponto de partida para organizar sua gestão fiscal e ganhar eficiência em processos como o controle de entradas e saídas de mercadorias. Ainda assim, muitos empreendimentos realizam a venda de produtos sem nota fiscal.

Você conhece todas as vantagens em emitir a nota fiscal?

Não é segredo para ninguém que o Brasil possui uma legislação tributária complexa e confusa. Muitas empresas acabam fechando as portas, todos os anos no país, graças a dificuldades no gerenciamento e pagamentos de tributos. A nota fiscal surge como uma facilitadora desse processo. Primeiro, por garantir a legalidade da mercadoria, certificando a transação, exibindo diversas informações sobre a empresa emissora da nota (como CNPJ e Inscrição Estadual), como também do cliente; além de também facilitar o trabalho dos contadores, pois é por meio dela que o contador saberá quanto a empresa está pagando de imposto em cada transação de compra ou venda de mercadorias realizada.

A emissão da nota fiscal é obrigatória sempre que ocorre uma entrada ou saída de mercadoria. A venda de produtos sem a nota, além de prejudicar o processo de contabilização de impostos devidos pela empresa e diminuir a credibilidade do negócio junto aos consumidores, acaba também por colocar o empreendimento em inconformidade com a legislação fiscal. Essa prática gera sérios problemas legais e prejuízos financeiros para o negócio, pois a não emissão é compreendida pela lei como sonegação fiscal. Além disso, a empresa deve manter armazenadas todas as notas fiscais emitidas por um prazo de até cinco anos. Caso a Receita Federal solicite alguma nota fiscal para questionar uma possível irregularidade fiscal, não possuir o documento devidamente armazenado pode trazer ainda mais problemas.

Nos últimos anos, a emissão e o gerenciamento das notas fiscais foi facilitado, com o surgimento da NF-e (Nota Fiscal Eletrônica) – a modernização da antiga nota fiscal impressa. Com a NF-e, as notas podem ser emitidas de modo automatizado, evitando erros e agilizando o processo, além de tornar o armazenamento mais seguro e prático, já que pode ser realizado de forma totalmente digital.

Para garantir que a emissão das notas fiscais ocorra de forma ágil, segura e eficiente, é importante que a empresa tenha sempre os avanços da tecnologia ao seu lado. Além de ser um processo de extrema importância para qualquer empresa, a emissão de notas fiscais – especialmente quando realizada em massa – é trabalhosa e extremamente vulnerável a erros humanos.

A digitalização da emissão por meio da NF-e, garantiu não apenas que ela se tornasse mais acessível, por eliminar custos com impressão, como também deixou no passado a necessidade de um funcionário realizar todo o processo manualmente.

Otimizou

Com o Otimizou, você terá a tecnologia sempre ao seu lado, emitindo notas fiscais com extrema segurança e agilidade na tela do próprio smartphone. No Otimizou, você emite sua NF-e com apenas alguns cliques, possui acesso a um painel de controle que organiza de forma prática todas as notas fiscais já emitidas e, tudo isso, com as informações salvas em segurança na nuvem. Conheça todas as vantagens de usar o Otimizou.

Compartilhar