Lorem ipsum proin gravida nibh vel velit auctor aliquetenean idelit sollicitudin, lorem quis bibendum auci elit consequat ipsutis sem.
1-677-124-44227

info@yourbusiness.com

184 Main Collins Street | West victoria 8007

Follow us On Instagram

Lorem ipsum proin gravida nibh vel velit auctor alique tenean sollicitudin, lorem quis.
Topo

Blog

Erros mais comuns na emissão da nota fiscal

É importante estar atento a todos os detalhes e informações requisitados pelo sistema no ato da emissão de uma nota fiscal.

A emissão de notas fiscais é um procedimento importante no dia a dia da empresa e deve ser levado a sério para evitar quaisquer tipos de transtornos, seja com os clientes ou com a Receita Federal. Emitir as notas fiscais no momento certo, com dados corretos e informações da empresa é essencial para evitar multas junto ao Fisco, bem como falta de transparência para com os clientes. Por isso, ao longo do texto serão destacados alguns dos principais erros durante a emissão de uma nota fiscal:

1 – Esquecer de emitir a nota fiscal no ato da compra

Infelizmente isso ainda é algo bastante comum. Adiar a emissão da nota fiscal de uma compra – ou qualquer operação que necessite dela – não é uma boa prática. Emitir o documento depois da compra, por exemplo, pode resultar em perda de informações. Além disso, vale destacar que sonegação fiscal é crime. Por isso, é importante sempre emitir as notas fiscais no momento em que a compra foi efetuada ou a operação autorizada. Todo esse processo pode ser facilitado por meio de um software especializado na emissão de notas fiscais.

2 – Configurar a nota fiscal de forma incorreta

Configurar o documento com informações imprecisas e, até mesmo, incorretas é outro erro bastante sério e que deve ser evitado, tanto para não pagar mais impostos do que o necessário quanto para acabar pagando menos e isso ser interpretado como sonegação.

Dessa forma, o primeiro passo para configurar corretamente a nota fiscal é definir o tipo adequado de nota que será emitida. Três são os tipos de notas fiscais:

  • Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e): é documento que será emitido no caso de operações relacionadas à prestação de serviço. Essa também é a nota que circula no mercado digital, ou seja, independentemente do tipo de negócio (físico ou online) essa nota deve ser emitida em cada operação.
  • Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e): trata-se da nota fiscal que é emitida pelo varejo em todo o país.
  • Nota Fiscal de Produto Eletrônica (NF-e): essa é a nota fiscal emitida quando é feita uma venda de produtos físicos, seja por meio digital ou em lojas físicas.

Além disso, é importante estar atento a todos os detalhes e informações requisitados pelo sistema no ato da emissão de uma nota fiscal. Essas informações devem sempre estar atualizadas. A tarefa fica mais fácil por meio de um software, pois os dados só precisam ser preenchidos uma vez haja vista que a partir daí o processo de emissão será automatizado.

3 – Certificados digitais vencidos

A certificação digital é algo de extrema importância para uma empresa uma vez que será através dela que o negócio será devidamente reconhecido pelos órgãos públicos. Essa certificação também deve estar presente nas notas fiscais. Por isso, utilizar cerificados digitais improdutivos ou até mesmo vencidos é algo que precisa ser evitado.

Com isso, é importante ficar atento aos prazos de vencimentos dos certificados digitais e escolher aquele que melhor representa as atividades da empresa. Há opção de certificado digital como é o caso do A1 bem como o físico A3.

Otimizou

Emitir notas fiscais não pode ser um processo improdutivo ou causador de problemas para a empresa. A melhor solução para tornar esse processo mais dinâmico e eficiente é contar com um completo sistema de emissão de notas fiscais, como é o caso do Otimizou. Com planos que oferecem vantagens para todos os tipos de negócios o Otimizou conta com um sistema repleto de ferramentas interativas, eficientes e práticas visando profissionalizar a emissão de notas fiscais da empresa.

Os interessados podem testar os serviços gratuitamente e emitir até 10 notas durante o mês ou assinar um plano que atende as necessidades da empresa. Para mais informações clique aqui.

Compartilhar